Você está aqui: Página Inicial > Notícias da UFAC > Ufac na Imprensa > Edições 2016 > 09 - Setembro > Governo expõe produtos tecnológicos em estande na Ufac

Governo expõe produtos tecnológicos em estande na Ufac

por daniel.ascom publicado 25/10/2016 11h31, última modificação 25/10/2016 11h31
Publicado por: Agencia de Noticias

Estudantes visitaram o estande da Funtac (Foto: Wagner P.)Estudantes visitaram o estande da Funtac (Foto: Wagner P.)

A Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac) esteve presente na Universidade Federal do Acre (Ufac), que segue com a programação dentro da Semana de Ciência e Tecnologia até o próximo dia 25.

O estande da Funtac recebeu o público e apresentou os serviços disponibilizados pela instituição, assim como produtos resultados de pesquisas e experimentos realizados pelos laboratórios. Pequenos objetos em madeira, protótipos feitos à base de bambu, além de fitocosméticos e fitoterápicos, foram expostos.

Estudantes tiveram parceria da Funtac para apresentação de trabalho (Foto: Cedida)Estudantes tiveram parceria da Funtac para apresentação de trabalho (Foto: Cedida)

Nesta semana, a Funtac desenvolveu uma sequência de atividades que envolveram diversos públicos, contemplando estudantes do ensino fundamental e médio e acadêmicos.

Na quinta-feira, 15, por exemplo, estudantes da Escola Boa União Ensino Jovem apresentaram durante o Viver Ciência 2016, um projeto que abordou a importância de se aproveitar os óleos residuais de fritura para evitar os impactos ambientais.

Com o apoio da Funtac, os alunos coletaram resíduos de suas casas e levaram à instituição. Por meio da Divisão de Tecnologia de Energia de Fontes Renováveis (Diter), o material passou por análises químicas e serviram de matéria-prima para a produção de biodiesel no laboratórios de biocombustíveis.

No campus da universidade, um minicurso também foi realizado com estudantes do Instituto Federal do Acre (Ifac), Faculdade Meta (Fameta) e União Educacional do Norte (Uninorte), para abordar a produção de biocombustíveis versus produção de energia.

“Esse é um assunto muito polêmico porque sabemos que a população mundial aumenta consideravelmente e, consequentemente, precisamos trabalhar com as projeções, sempre nos preocupando com a segurança alimentar. É essa consciência que queremos desenvolver”, declarou a coordenadora da Diter, Nadma Farias.

Ao longo desta semana, diversas ações também receberam a comunidade nas dependências da Funtac.